17 de Setembro de 2015 / às 00:52 / em 2 anos

Presidentes de Venezuela e Colômbia se reunirão na 2a-feira para discutir crise na fronteira

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que se reunirá na segunda-feira com seu colega colombiano, Juan Manuel Santos, para buscar uma solução para a tensão diplomática gerada pelo fechamento de vários cruzamentos fronteiriços.

“Conseguimos... Será na próxima segunda-feira em Quito (capital do Equador)”, disse Maduro nesta quarta-feira em Caracas.

O presidente do Equador, Rafael Correa, confirmou em um evento público que o encontro será realizado. A reunião foi acertada após gestões de Correa e do presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, que presidem os blocos regionais Celac e Unasul.

Santos havia adiantado na terça-feira a possibilidade de um encontro com seu colega venezuelano, depois de observar que o governo de Maduro havia feito gestos no tratamento às pessoas que transitam na fronteira comum.

A Venezuela determinou o fechamento de alguns cruzamentos da fronteira de 2.219 quilômetros desde agosto, justificando a decisão pela necessidade de combater o contrabando e grupos paramilitares que operam na Colômbia.

Maduro disse que na reunião com Santos pretende propor uma nova etapa na relação fronteiriça. “Estou pronto. Tenho minha caneta para assinar um pacto de paz”, disse.

Reportagem de Corina Pons, reportagem adicional de Alexandra Valencia em Quito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below