18 de Setembro de 2015 / às 10:51 / 2 anos atrás

Junta militar de Burkina Fasso liberta presidente interino

OUAGADOUGOU (Reuters) - O chefe da junta militar em Burkina Fasso que tomou o poder na quinta-feira libertou o presidente interino Michel Kafando e dois de seus ministros, informou a televisão estatal nesta sexta-feira.

Manifestante queimando pneus em Ouagadougou, Burkina Fasso. 18/09/2015 REUTERS/Joe Penney

“Confirmo que o presidente Kafando foi solto. Ele está bem de saúde”, disse o general Gilbert Diendere, líder da junta militar e que por três décadas foi o principal assessor militar do ex-presidente Blaise Compaore, a jornalistas.

Ele disse que o primeiro-ministro interino Yacouba Isaac Zida estava sob prisão domiciliar.

Mais cedo nesta sexta-feira, soldados atiraram para o alto na capital de Burkina Faso, Ouagadougou, para dispersas manifestantes que queimavam pneus e bloqueavas ruas para protestar contra o golpe militar.

Os manifestantes exigiam a libertação do presidente interino e a realização de eleições em 1º de outubro, conforme previsto antes do golpe.

Reportagem de Mathieu Bonkoungou

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below