September 23, 2015 / 5:33 PM / 2 years ago

Na Casa Branca, papa fala sobre mudança climática, pobreza e imigração

Por Philip Pullella e Jeff Mason

WASHINGTON (Reuters) - O papa Francisco exortou os Estados Unidos nesta quarta-feira a ajudarem a enfrentar a mudança climática e tocou em outras questões políticas polêmicas do país, como imigração e desigualdade econômica, em sua primeira visita à nação mais rica do mundo.

Em um discurso no Gramado Sul da Casa Branca, o pontífice argentino louvou os esforços do presidente dos EUA, Barack Obama, para reduzir a poluição atmosférica, meses depois de ter feito do meio ambiente um de seus principais temas ao lançar uma encíclica inédita sobre o tópico.

“Também parece claro para mim que a mudança climática é um problema que não pode mais ser deixado para uma geração futura. No que diz respeito ao cuidado com nosso lar em comum, estamos vivendo um momento crítico da história”, afirmou o líder católico em uma cerimônia de boas-vindas ao lado de Obama.

Em uma era de renovação das tensões raciais no país, ele invocou o mais célebre líder dos direitos civis dos EUA, o falecido Martin Luther King, para fazer comentários sobre a questão ambiental e a igualdade.

Falando mais tarde a bispos norte-americanos, Francisco reconheceu o escândalo de abuso sexual que manchou a Igreja dos EUA há anos, dizendo que estes “crimes nunca devem ser repetidos”.

Em um dia ensolarado no qual as ruas de Washington foram interditadas e os servidores federais tiveram folga, cerca de 15 mil pessoas se reuniram no Gramado Sul e ouviram o papa, de 78 anos, discursar em inglês.

Mais uma vez ele demonstrou simplicidade ao chegar ao local no pequeno Fiat preto que usou em sua chegada à capital norte-americana, na terça-feira.

Francisco é um crítico frequente dos danos causados pelos excessos do capitalismo aos pobres do mundo e ao clima global.

Obama, cujos planos para lidar com a mudança climática foram frustrados no Congresso em seu primeiro mandato, disse compartilhar as preocupações do papa com o meio ambiente.

“Santo Padre, você nos lembra que temos a obrigação sagrada de proteger nosso planeta, a dádiva magnífica de Deus para nós”, disse Obama em seu discurso.

“Apoiamos seu apelo para que todos os líderes mundiais apoiem as comunidades mais vulneráveis a um clima em alteração e se unam para preservar nosso precioso mundo para as gerações futuras”.

Francisco e Obama se reuniram na Casa Branca, onde eles também discutiram sobre a situação dos refugiados. Ambos têm posições coincidentes em questões como as mudanças climáticas e a defesa dos pobres, mas estão em desacordo sobre o aborto e o casamento homossexual.

Reportagem adicional de Scott Malone, Julia Edwards, Susan Cornwell, Ian Simpson e Roberta Rampton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below