September 30, 2015 / 11:56 AM / 3 years ago

Acordo para viagens aéreas regulares entre Cuba e EUA pode sair este ano, diz autoridade

Por Daniel Trotta

Aeronave da American Airlines se preparando para pousar no aeroporto internacional de Havana. 19/09/2015 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

HAVANA (Reuters) - Durante dois dias de conversações concluídas na terça-feira, Cuba e Estados Unidos avançaram em direção à restauração do serviço regular de linha aéreas, com o potencial de chegar a um acordo ainda este ano, disse uma autoridade norte-americana.

“Só mais uma reunião pode ser suficiente para concluir um acordo, mas não tenho certeza”, afirmou o funcionário, que estava familiarizado com as negociações e falou sob a condição de anonimato. Os dois lados planejam novo encontro possivelmente antes do final deste ano, e o mais provável é que seja em Washington, disse a autoridade à Reuters.

O serviço regular de viagens aéreas comerciais ficou suspenso por décadas como resultado da animosidade da Guerra Fria, mas ambos os lados rapidamente fizeram da retomada uma prioridade depois do início da distensão, em dezembro de 2014.

Voos fretados há muito tempo conectam Estados Unidos e Cuba. Em janeiro, Washington aprovou novas regras que facilitam os voos de companhias aéreas dos EUA para Cuba. No entanto, as autoridades norte-americanas e cubanas primeiro precisam negociar um novo acordo antes de reiniciarem o serviço regular pelo qual os clientes possam reservar viagens diretamente com as companhias aéreas.

Funcionários de seis agências governamentais dos EUA se encontraram com homólogos do Ministério das Relações Exteriores de Cuba e do Instituto Cubano de Aviação Civil na segunda e terça-feira, disse a fonte, observando que a cooperação em segurança está bem avançada, em grande parte porque os voos charter existentes já atendem às normas das autoridades dos EUA de transporte e segurança da aviação.

O turismo geral para Cuba é proibido pelo embargo comercial dos EUA ao país, mas há exceções que permitem a norte-americanos receber autorização para viagens à ilha. Grandes companhias aéreas dos EUA, incluindo JetBlue Airways, American Airlines, Delta Air Lines e United Air Lines manifestaram interesse em manter linhas regulares para Cuba.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below