1 de Outubro de 2015 / às 11:00 / 2 anos atrás

PF suspeita que dinheiro da Petrobras foi doado a campanha de Dilma, diz Estadão

(Reuters) - Doações da empreiteira UTC Engenharia à campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff podem ter sido feitas com dinheiro de contratos fechados pela empresa com a Petrobras, de acordo com análise feita pela Polícia Federal de mensagens trocadas entre executivos da companhia, disse o jornal O Estado de S. Paulo desta quinta-feira.

Presidente Dilma Rousseff na Assembleia-Geral da ONU, em Nova York. 28/09/2015 REUTERS/Carlo Allegri

Segundo o Estadão, um executivo da UTC sugeriu ao dono da empreiteira, Ricardo Pessoa, que repasses da empresa à campanha da presidente foram “resgatados” de dinheiro desviado da Petrobras, o principal foco das investigações de corrupção da Operação Lava Jato.

Pessoa é acusado de ser o organizador do cartel de empreiteiras criado para obter contratos com a Petrobras em troca de pagamento de propina a funcionários da estatal, operadores do esquema e políticos. O empreiteiro fechou um acordo de delação premiada com as autoridades.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below