5 de Outubro de 2015 / às 22:15 / em 2 anos

Adams rebate Nardes e diz que governo irá ao STF se TCU analisar contas sem avaliar afastamento

BRASÍLIA (Reuters) - O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, rebateu nesta segunda-feira a acusação do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes de que o Planalto estaria tentando intimidá-lo ao pedir seu afastamento da relatoria da análise das contas do governo, ao afirmar que o ministro sente-se intimidado pelo cumprimento da lei.

Em entrevista coletiva depois de entregar ao TCU pedido de afastamento de Nardes da relatoria da análise das contas do governo da presidente Dilma Rousseff em 2014, Adams disse ainda que o Planalto irá ao Supremo Tribunal Federal (STF) caso o órgão analise os números do governo do ano passado sem antes avaliar o pedido de afastamento de Nardes do caso.

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below