14 de Outubro de 2015 / às 14:31 / em 2 anos

Premiê da Turquia vê ligação de Estado Islâmico ou PKK com ataque em Ancara

ISTAMBUL (Reuters) - O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse à Reuters nesta quarta-feira que alguns dos suspeitos do ataque suicida que matou 97 pessoas em Ancara no fim de semana passaram meses na Síria e podem estar ligados ao Estado Islâmico ou a militantes curdos.

Primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, durante entrevista à Reuters em Istambul. 14/10/2015 REUTERS/Murad Sezer

“Estamos trabalhando com (investigando) duas organizações terroristas, o Daesh (acrônimo pejorativo em árabe do Estado Islâmico) e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em curdo), porque temos certos indícios em relação aos homens-bomba terem laços com o Daesh, mas também algumas ligações com grupos do PKK”, disse Davutoglu em entrevista em Istambul. “Alguns suspeitos estiveram na Síria durante muitos meses”.

Davutoglu afirmou haver uma investigação em andamento para descobrir se houve falhas de inteligência e de segurança na véspera do duplo atentado de sábado no centro da capital, o pior ataque do tipo em solo turco.

O premiê disse que a Turquia tem informações de que militantes do PKK e do esquerdista Frente do Exército da Libertação Popular Revolucionária (DHKP-C, na sigla em turco), que assumiu um ataque ao consulado dos Estados Unidos em Istambul em agosto, foram treinados como homens-bomba no norte do Iraque e enviados à Turquia.

Davutoglu ainda disse que seu país tem direito de se defender contra os riscos crescentes oriundos da Síria depois da intervenção militar da Rússia.

Reportagem adicional de Orhan Coskun e Asli Kandemir

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below