23 de Outubro de 2015 / às 11:35 / 2 anos atrás

Presidente da China diz à Grã-Bretanha que espera ver uma UE unida

LONDRES/PEQUIM (Reuters) - O presidente chinês, Xi Jinping, disse na Grã-Bretanha que espera ver uma União Europeia unida, fazendo seus comentários mais diretos até o momento sobre a relação dos britânicos com a Europa antes de o país realizar um referendo sobre sua permanência na UE.

Presidente chinês, Xi Jinping, durante evento em Manchester, na Inglaterra. 23/10/2015 REUTERS/Andrew Yates

No último dia de uma visita de quatro dias à Grã-Bretanha, Xi falou ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, sobre a importância da UE para a China como parceira estratégica e maior parceira comercial, segundo comunicado divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores chinês.

“A China espera ver uma Europa próspera e uma UE unida, e espera que a Grã-Bretanha, como um membro importante da UE, possa desempenhar um papel ainda mais positivo e construtivo na promoção do aprofundamento do desenvolvimento dos laços China-UE”, disse Xi, de acordo com a nota.

Xi vai encerrar sua visita à Grã-Bretanha nesta sexta-feira em Manchester com o anúncio de novas ligações aéreas entre a China e essa cidade do norte da Inglaterra.

Cameron está tentando renegociar a relação do Reino Unido com a UE, bloco de que faz parte desde 1973, antes de um referendo sobre a adesão, que ele espera realizar antes do final de 2017.

Normalmente a China não comenta votações em outros países por considerar que isso seria uma interferência em um assunto interno. Mas o governo chinês se preocupa com as implicações da saída da Grã-Bretanha da UE e com qualquer enfraquecimento de um bloco que ele vê como um contrapeso vital para os Estados Unidos, dizem diplomatas.

Pesquisas de opinião mostram uma redução do apoio entre os eleitores britânicos à permanência na UE. Na quinta-feira uma delas apontou uma queda acentuada no apoio à adesão, em meio a preocupações com o fluxo de imigrantes para a Europa.

Os comentários de Xi a Cameron, feitos na noite de quinta-feira durante uma reunião na casa de campo do primeiro-ministro britânico, seguiram a mesma linha de declarações do Ministério das Relações Exteriores da China no início deste mês.

Reportagem adicional de William James

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below