24 de Outubro de 2015 / às 12:38 / em 2 anos

Hillary diz que ameaça republicana de impeachment é "patética"

WASHINGTON (Reuters) - A pré-candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton chamou de “patética” e “totalmente ridícula” a promessa de um deputado republicano de pedir o impeachment dela no primeiro dia no gabinete, caso seja eleita para a Casa Branca nas eleições do ano que vem.

Hillary, favorita para ser nomeada por seu partido para as eleições de 2016, respondeu na sexta-feira aos comentários do deputado republicano Mo Brooks, do Alabama.

Em entrevista a uma rádio, o parlamentar disse que “ela será uma presidente única porque, se for eleita pelo público no mês de novembro do próximo ano, no dia que fizer o juramento será submetida a um processo de impeachment porque cometeu crimes graves e contravenções”.

No programa “The Rachel Maddow Show”, da MSNBC, Hillary respondeu aos comentários de Brooks: “Não são patéticos? É para dar risada. É totalmente ridículo”.

“Deve ser, talvez, uma boa política para a parte mais extremista da base deles. Deve ser por isso, ou não haveria motivo para ele fazer isso”, disse Hillary.

Brooks disse ao jornal The Hill, esta semana, que Hillary seria submetida a um processo de impeachment por ter inapropriadamente lidado com informações confidenciais no seu email particular quando era secretária de Estado do governo norte-americano.

Reportgem de Will Dunham

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below