25 de Outubro de 2015 / às 12:29 / em 2 anos

UE enviará mais guardas para fronteiras dos Bálcãs, diz esboço de declaração de líderes

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia deve enviar mais 400 guardas de fronteira dentro de uma semana para ajudar a lidar com a crise migratória nos Bálcãs Ocidentais, de acordo com o esboço de uma declaração que deve ser emitida ainda neste domingo por líderes de países do centro e do leste da Europa.

O esboço da declaração, visto pela Reuters, também afirma que a União Europeia vai tentar acelerar a repatriação de afegãos, iraquianos e outros cidadãos asiáticos que tiveram pedido de asilo rejeitado.

“Nos comprometemos a aumentar imediatamente os esforços para cuidar de nossas fronteiras”, diz o rascunho, que também detalha como serão intensificados os esforços marítimos na costa da Grécia.

Reportagem de Jan Strupczewski e Robin Emmott

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below