28 de Outubro de 2015 / às 18:44 / em 2 anos

Comissão de orçamento prevê votar meta de 2015 e LDO na semana que vem

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão Mista de Orçamento do Congresso deve votar na semana que vem a mudança na meta fiscal de 2015 e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, disse nesta quarta-feira a presidente da comissão, senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), após reunião de líderes partidários.

Para que a mudança na meta seja aprovada, a oposição pressiona o deputado Hugo Leal (Pros-RJ), relator do projeto de lei que trata do tema, a incluir uma estimativa numérica para o pagamento das pedaladas fiscais.

“Há números que podem chegar a mais de 40 bilhões (de reais)”, disse Leal, em referência ao pagamento dos valores em atraso aos bancos públicos. O deputado disse que é contra a ideia da oposição porque pode criar um orçamento “irrealista”, mas que a estudará junto a técnicos do Congresso e pretende publicar o relatório ainda nesta quarta-feira.

Segundo Leal, o relatório a ser apresentado prevê déficit de 51,8 bilhões de reais neste ano para o governo central, conforme proposto pelos ministros da Fazenda e do Planejamento, com possibilidade de abatimento no caso de fracasso de um leilão de hidrelétricas e de pagamento das pedaladas fiscais.

O montante referente às pedaladas foi deixado em aberto pelos ministros, que aguardam decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o valor a ser pago.

Reportagem de Silvio Cascione

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below