8 de Novembro de 2015 / às 13:21 / em 2 anos

Rússia retira do Egito 11 mil turistas em 24 horas

MOSCOU/DUBAI (Reuters) - A Rússia repatriou nas últimas 24 horas cerca de 11 mil turistas que estavam no Egito, depois de um acidente de avião, há uma semana, na Península do Sinai, informou no domingo a agência de notícias RIA.    No entanto, dezenas de milhares de russos ainda esperam por voos para levá-los para casa.

O chefe egípcio da investigação sobre o acidente com o avião russo que matou 224 pessoas a bordo disse que sua equipe está considerando todos os cenários para a tragédia.

Milhares de turistas, principalmente britânicos e russos, estavam em Sharm el-Sheikh, de onde o Airbus A321 decolou para São Petersburgo e caiu 23 minutos depois.

Cerca de 80 mil russos ficaram presos no Egito depois que o Kremlin na sexta-feira cancelou todos os voos para o país após o acidente, devido a razões de segurança.

Um oficial britânico disse no sábado que poderia levar até dez dias para repatriar todos os turistas britânicos que permanecem no Egito.

Por Polina Devitt e Tim Hefer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below