10 de Novembro de 2015 / às 20:19 / 2 anos atrás

Aliado de Cunha vai assumir vaga no Conselho de Ética

Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (E), ao lado do deputado federal Paulo Pereira da Silva (D) durante reunião com sindicalistas em São Paulo. 21/08/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

(Reuters) - Aliado do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SD-SP), vai assumir uma vaga no Conselho de Ética da Casa, em um momento em que o colegiado vai analisar denúncia contra Cunha.

Segundo Paulinho, seu partido o indicou para assumir vaga da legenda no conselho no lugar do deputado Wladimir Costa (SD-PA). Costa se afastou por questões de saúde.

Questionado se a indicação de um aliado para o Conselho de Ética poderia ajudar em sua estratégia de defesa, Cunha disse que não estava “nem aliviado, nem angustiado”.

Ao ser questionado se havia combinado com o aliado, Cunha negou. “Comigo, não. É o direito e dever dele, não tem que combinar comigo”, disse a jornalistas.

Cunha é acusado de quebra de decoro parlamentar em representação feita pelo PSOL e pela Rede por supostamente ter mentido em depoimento à CPI da Petrobras ao afirmar não ter contas no exterior. Documentos dos Ministérios Públicos do Brasil e da Suíça apontam a existência de contas bancárias em nome de Cunha e de familiares no país europeu.

O presidente da Câmara afirmou ainda que seus advogados devem apresentar uma defesa preliminar ao Conselho de Ética até a segunda-feira da próxima semana.

Por Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below