November 12, 2015 / 11:56 AM / 3 years ago

Maduro condena ataques "imperialistas" após prisão de familiares por tráfico de drogas

CARACAS (Reuters) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, criticou nesta quinta-feira o que chamou de ataques e emboscadas imperialistas depois que dois sobrinhos de sua esposa foram presos no Haiti e levados aos Estados Unidos para enfrentar acusações de tráfico de drogas.

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, durante evento em Caracas. 27/10/2015 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

“A nação irá seguir seu curso”, escreveu Maduro no Twitter, antes de um esperado discurso a órgão de direitos humanos da ONU em Genebra mais tarde nesta quinta.

“Nem ataques nem emboscadas imperialistas podem afetar o povo dos libertadores”, acrescentou, no que parece ser a primeira referência pública do presidente da Venezuela à prisão dos familiares.

Por Andrew Cawthorne

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below