November 14, 2015 / 2:27 PM / 2 years ago

Holanda eleva segurança em fronteiras e se diz "em guerra" contra Estado Islâmico

AMSTERDÃ (Reuters) - A Holanda vai intensificar a segurança nas suas fronteiras e aeroportos depois dos ataques em Paris, disse o primeiro-ministro do país, Mark Rutte, neste sábado, acrescentando que os holandeses estão “em guerra” com o Estado Islâmico, que assumiu a responsabilidade pelos ataques.

Falando à imprensa, Rutte afirmou que todo o tráfego de e para a França e Paris seria monitorado de perto, incluindo em aeroportos e estações de trens. Todos os serviços de segurança estavam trabalhando em alto nível de prontidão, completou.

“Nossos valores e nosso Estado de Direito são mais forte do que o fanatismo deles”, declarou. “O Estado Islâmico é nosso inimigo. Estamos em guerra contra o Estado Islâmico. Não estamos em guerra com um país, uma fé ou com o Islã.”

Reportagem de Thomas Escritt e Anthony Deutsch

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below