15 de Novembro de 2015 / às 13:11 / 2 anos atrás

Após Paris, Papa diz que é blasfêmia usar nome de Deus para justificar violência

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - Após os ataques fatais em Paris, reivindicados por militantes do Estado Islâmico, o Papa Francisco disse neste domingo que usar o nome de Deus para justificar a violência é sacrilégio.

“Eu quero repetir firmemente que o caminho da violência e do ódio não resolve os problemas da humanidade, e usar o nome de Deus para justificar esse caminho é blasfêmia”, disse o papa a milhares de peregrinos na Praça São Pedro.

“Tal barbárie nos deixa atônitos e nos perguntamos como o coração do homem pode planejar e executar atos tão horríveis, os quais chocaram não só a França, mas o mundo todo”, disse.

O papa então convidou os fiéis a rezaram com ele pelas vítimas inocentes dos ataques.

Foi a primeira vez que o papa falou diretamente ao público geral sobre os ataques de sexta-feira, ainda que, em uma entrevista em rádio, no sábado, ele tenha caracterizado o ataque como desumano.

Reportagem de Steve Scherer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below