15 de Novembro de 2015 / às 14:46 / em 2 anos

Obama promete esforço para eliminar Estado Islâmico e G20 busca estratégia comum na Síria

BELEK, Turquia (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos Barack Obama prometeu neste domingo aumentar os esforços para eliminar o Estado Islâmico na Síria e evitar que realizem ataques como os de Paris, enquanto líderes europeus pediram à Rússia que foque seus esforços militares nos radicais islâmicos.

Falando na reunião de líderes do G20 na Turquia, Obama descreveu as mortes em Paris, reivindicadas pelo Estado Islâmico, como um ataque ao mundo civilizado e disse que os Estados Unidos irão trabalhar com a França para caçar os responsáveis.

A reunião de dois dias trouxe Obama e os líderes mundiais a 500 quilômetros da Síria, onde um conflito de quatro anos e meio transformou o Estado Islâmico em uma ameaça à segurança global e gerou o maior fluxo migratório da Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

“Tradicionalmente o G20 tem sido um fórum para discutir questões econômicas que o mundo enfrenta… (porém) o céu foi escurecido pelos ataques horrendos que ocorreram em Paris um dia e meio atrás”, disse Obama em comunicado após se encontrar com o presidente turco Tayyip Erdogan.

“Os Estados Unidos e seus aliados irão redobrar os esforços para encontrar uma solução pacífica na Síria e evitar que os militantes do Estado Islâmico perpetrem ataques como os de Paris.”

Reportagem adicional de Lidia Kelly, Denis Dyomkin, Dasha Afanasieva, David Dolan, Humeya Pamuk, Orhan Coskun, Asli Kandemir

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below