November 19, 2015 / 9:30 AM / in 2 years

Bélgica irá investir mais 400 mi de euros em combate à violência extremista, diz premiê

BRUXELAS (Reuters) - A Bélgica irá gastar 400 milhões de euros adicionais no combate à violência do Estado Islâmico, disse o primeiro-ministro Charles Michel nesta quinta-feira, ao anunciar mais recursos para combater os discursos de ódio, monitorar possíveis extremistas e aumentar os serviços de inteligência.

Primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, durante evento em Bruxelas. 19/11/2015 REUTERS/Yves Herman

Michel disse em discurso ao Parlamento que a Bélgica também irá introduzir uma série de medidas de segurança em resposta aos ataques em Paris, incluindo a prisão de militantes que retornam da Síria e o fechamento de locais de adoração não autorizados.

A Bélgica está no centro das investigações sobre os ataques da semana passada à capital francesa, que mataram 129 pessoas, após a revelação de que pelo menos dos dois agressores viviam no país.

Reportagem de Robert-Jan Bartunek e Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below