21 de Novembro de 2015 / às 19:09 / 2 anos atrás

Cinco pessoas vão a julgamento por vazar informações no Vaticano

ROMA (Reuters) - O Vaticano solicitou neste sábado o julgamento de cinco pessoas, incluindo dois jornalistas italianos, por vazamento e publicação de documentos secretos, no mais recente escândalo que está balançando o papado.

O pedido teve como origem a publicação de dois livros recentes que retratam um Vaticano assolado pela má gestão, ganância e corrupção, e onde o papa Francisco enfrenta forte resistência da velha guarda para executar sua agenda de reformas.

A Santa Sé se diz envergonhada e indignada com os livros que, segundo a instituição, foram usadas informações que nunca deveriam ultrapassar dos muros do Vaticano.

Segundo os promotores, três funcionários do Vaticano, incluindo um alto sacerdote, formaram “uma associação criminosa organizada” com o objetivo de “divulgar informações e documentos relativos aos interesses fundamentais da Santa Sé e do Estado”.

O presidente do tribunal do Vaticano determinou a primeira audiência do julgamento para terça-feira.

Os vazamentos são um dos maiores escândalos internos capazes de abater o papado do Papa Francisco e são uma reminiscência do “Vatileaks”, furor que precedeu a renúncia do ex-Papa Bento XVI, em 2013. A mídia italiana apelidou os últimos episódios de “Vatileaks II”.

Dois dos funcionários indiciados, o monsenhor espanhol Angel Lucio Vallejo Balda, antigo número dois na prefeitura do Vaticano para os assuntos econômicos e a italiana Francesca Chaouqui, especialista em relações públicas, foram presos no início deste mês.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below