30 de Janeiro de 2016 / às 18:43 / em 2 anos

Chefe da Otan pede à Rússia que não viole espaço aéreo de seus países-membros

BRUXELAS (Reuters) - O secretário-geral da aliança militar Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, pediu à Rússia neste sábado que “tome todas as medidas necessárias” para garantir que o espaço aéreo dos países da Otan não seja novamente violado, depois de a Turquia ter afirmado que um caça russo entrou em seu espaço aéreo na sexta-feira, apesar de alertas de radares.

“Um avião de combate russo violou o espaço aéreo turco ontem, apesar de repetidos alertas pelas autoridades turcas. Incidentes anteriores mostraram quão perigoso este tipo de comportamento pode ser”, disse Stoltenberg em comunicado.

“Peço à Rússia para agir responsavelmente e para respeitar completamente o espaço aéreo da Otan. A Rússia tem de tomar todas as medidas necessárias para garantir que essas violações não aconteçam novamente.”

Em um incidente similar em novembro, a Turquia abateu um avião de guerra russo que sobrevoava a Síria e que, segundo os turcos, violou o espaço aéreo da Turquia, gerando um rompimento diplomático no qual a Rússia impôs sanções econômicas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below