3 de Fevereiro de 2016 / às 11:09 / 2 anos atrás

OMS manifesta preocupação com relato de transmissão sexual de Zika nos EUA

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) expressou preocupação nesta quarta-feira com um relato de que o Zika vírus teria sido transmitido sexualmente nos Estados Unidos, e pediu que o caso seja mais investigado.

Porta-voz da OMS Gregory Hartl durante evento em Genebra. 28/04/2009 REUTERS/Denis Balibouse

O primeiro caso conhecido de transmissão do Zika nos Estados Unidos foi relatado em Dallas, no Texas, na terça-feira, por autoridades locais de saúde, que disseram que a transmissão provavelmente aconteceu por via sexual, e não por picada do mosquito Aedes aegypti.

“Isso precisa ser mais investigado para se compreender as condições e o quão frequente ou provável é a transmissão sexual... Esse é apenas o segundo caso discutido de transmissão sexual”, disse o porta-voz da OMS Gregory Hartl à Reuters.

Por enquanto, a chave para se combater o vírus é eliminar os mosquitos e vestir as roupas apropriadas.

Reportagem de Stephanie Nebehay

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below