10 de Fevereiro de 2016 / às 11:55 / em 2 anos

Vitorioso na 2ª prévia presidencial, Trump prova que campanha não é golpe publicitário

MANCHESTER, Estados Unidos (Reuters) - Donald Trump deu um recado na terça-feira àqueles que vinham se recusando a levar a sério sua candidatura à Casa Branca: o magnata do setor imobiliário e ex-apresentador de reality show não é uma piada.

Trump, em discurso em Manchester, New Hampshire 9/2/2016 REUTERS/Mike Segar

Embora se esperasse que Trump vencesse a prévia presidencial do Estado norte-americano de New Hampshire, ele abriu mais de 20 pontos de vantagem diante de seus concorrentes, demonstrando que pode contar com o comparecimento e o voto de seus apaixonados apoiadores contrários ao establishment quando importa.

    “É uma vitória monumental para Donald Trump”, opinou Michael Dennehy, estrategista republicano de Concord, em New Hampshire, que não está ligado a nenhuma campanha. “A mensagem de que os republicanos querem virar Washington de cabeça para baixo está se fazendo ouvir de maneira alta e clara.”

Trump ainda tem um longo caminho a percorrer. Ele tem uma alta taxa de rejeição e com frequência se mostra um candidato indisciplinado, criando polêmicas a respeito de suas propostas e seus insultos --ele chegou ao ponto de repetir a afirmação, feita nesta semana pelo espectador de um comício, de que o senador e rival Ted Cruz é um maricas.

Mesmo assim, depois de ficar em segundo lugar na prévia da semana passada em Iowa e agora em primeiro em New Hampshire, Trump pode se consolar com o fato de que raramente o indicado de qualquer um dos partidos não é um dos mais bem colocados em Iowa ou New Hampshire.

Desde que Iowa começou a realizar o primeiro caucus do país em 1976, nenhum republicano ficou na segunda colocação ali e na primeira em New Hampshire e deixou de ser o candidato da legenda. Os dois Estados são os primeiros da corrida pela indicação partidária para a eleição presidencial do dia 8 de novembro, que substituirá o atual presidente democrata, Barack Obama.

Em New Hampshire, Trump, ao menos por hora, calou aqueles que questionam se sua alta aprovação nas pesquisas é ilusória, já que elas prometiam um resultado melhor em Iowa.

Reportagem adicional de Ginger Gibson em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below