18 de Fevereiro de 2016 / às 14:16 / em 2 anos

Produção de níquel da Vale sobe 5,7% em 2015 e atinge recorde de 291 mil t

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A mineradora Vale fechou 2015 com uma produção de níquel recorde de 291 mil toneladas, o que representa avanço de 5,7 por cento ante 2014, com resultados históricos na Indonésia, Nova Caledônia e Brasil, informou a companhia em seu boletim de produção trimestral nesta quinta-feira.

Trabalhador posa com minério de níquel em planta da Vale na Indonésia. 08/01/2014 REUTERS/Yusuf Ahmad

No quarto trimestre, a companhia, uma das maiores produtoras de níquel do mundo, produziu 82,7 mil toneladas, também um recorde, com avanço de 12,3 por cento ante o mesmo período do ano passado, tentando fazer frente à queda dos preços, que estão próximos dos níveis mais baixos desde 2003.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2015, a produção apresentou alta de 15,4 por cento.

Segundo a Vale, a produção das minas no Canadá alcançou 39,7 mil toneladas no quatro trimestre, com redução de 5,8 por cento na comparação atual, tendo sido afetada por “eventos sísmicos que ocorreram em julho e agosto”.

No ano, a produção de níquel no Canadá somou 160 mil toneladas, alta de 2,3 por cento ante 2014.

Já a produção na Indonésia somou 28,3 mil toneladas no quatro trimestre e 80 mil toneladas no ano.

No Brasil, a produção de níquel representou 6,4 mil toneladas no trimestre e 24 mil toneladas no ano.

COBRE

A produção anual de cobre da mineradora em 2015 também foi recorde de 423,8 mil toneladas, incluindo a produção atribuível à Lubambe, alta de 11,6 por cento ante o ano anterior.

O aumento de produção decorreu, principalmente, do ramp-up da segunda linha de Salobo, em Marabá, sudeste paraense, segundo a Vale.

No quarto trimestre, a produção foi de 112,5 mil toneladas, alta de 6,7 por cento ante o mesmo período de 2014.

A produção de carvão em 2015 somou 7,344 milhões de toneladas, queda de 15 por cento ante o ano anterior, causada pela interrupção das operações de Integra Coal e Isaac Plains, na Austrália, no segundo e terceiro trimestre, respectivamente.

No quarto trimestre, a produção de carvão foi de 1,585 milhão de toneladas, queda de 31,4 por cento ante o mesmo período do ano passado, devido à movimentação do “longwall” em Carborough Downs e a uma curta parada na planta de processamento de Moatize, em Moçambique.

Segundo a Vale, Moatize foi afetada por intervenções corretivas e de prevenção na planta de processamento, além de outras interferências.

A mineradora, maior produtora global de minério de ferro, ainda relatou nesta quinta-feira que sua oferta dessa commodity atingiu um recorde de 345,9 milhões de toneladas em 2015, com alta de 4,3 por cento ante o ano anterior.

Por Luciano Costa e Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below