20 de Fevereiro de 2016 / às 13:26 / em 2 anos

Sérvios sequestrados na Líbia estão entre mortos em ataque aéreo dos EUA a Estado Islâmico

BELGRADO (Reuters) - Dois funcionários da embaixada sérvia sequestrados na Líbia em novembro estão entre os quase 50 mortos na sexta-feira após ataques aéreos dos EUA contra um suposto campo de treinamento do Estado Islâmico, disse neste sábado o primeiro-ministro da Sérvia, Aleksandar Vucic. 

Sladjana Stankovic, uma oficial de comunicação, e Jovica Stepic, um motorista, foram levados reféns em 8 de novembro após seu comboio diplomático, que incluía o embaixador, ter sido atacado perto da cidade costeira de Sabratha. 

“Está confirmado oficialmente que os dois funcionários da embaixada foram mortos nos ataques aéreos”, disse Vucic em uma conferência de imprensa.

Autoridades dos EUA disseram que o campo atacado era utilizado por até 60 militantes, incluindo o tunisiano Noureddine Chouchane, culpado pelos dois ataques contra turistas na Tunísia ano passado que deixaram dezenas de mortos. 

Por Ivana Sekularac

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below