20 de Fevereiro de 2016 / às 19:58 / 2 anos atrás

Pelo menos 12 morrem em confrontos entre exército e militantes na Líbia

BENGAZI, Líbia (Reuters) - Intensos confrontos em Bengazi, no leste da Líbia, mataram pelo menos 12 pessoas e deixaram outras 17 feridas, disseram autoridades de saúde neste sábado.

Cinco anos após a deposição do governo de Muammar Gaddafi, a Líbia vive instabilidade e militantes islâmicos se aproveitaram do vácuo de poder para expandir sua presença no país.

Um porta-voz das forças militares leais ao governo no leste da Líbia, Wanis Boukhamada, afirmou que o confronto deste sábado ocorreu principalmente no bairro de Boatni. O exército tem lutado contra grupos islâmicos na cidade há meses.

Dois governos, um baseado em Tripoli e o outro no leste do país, cada um apoiado por rede de complexas alianças de facções armadas, disputam atualmente o controle do país.

Na sexta-feira, aviões de guerra dos Estados Unidos promoveram um ataque aéreo contra um suposto campo de militantes no oeste da Líbia. Pelo menos 50 pessoas morreram, incluindo dois funcionários da embaixada da Sérvia que tinham sido raptados na Líbia em novembro.

Por Ayman al-Warfalli

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below