March 10, 2016 / 11:26 AM / 3 years ago

Cinco afegãos, incluindo um bebê, morrem afogados em travessia para a Grécia

ISTAMBUL (Reuters) - Cinco afegãos, incluindo duas crianças e um bebê de seis meses, morreram afogados durante a noite no mar Egeu tentando alcançar a Grécia, à medida que a Turquia começou a implementar um acordo fechado com a União Europeia para conter a imigração ilegal.

Imigrantes caminham em acampamento improvisado na fronteira Grécia-Macedônia. 10/03/2016 REUTERS/Stoyan Nenov

O número de imigrantes que se arriscam em travessias marítimas perigosas até agora não tem mostrado sinais de queda desde que a Turquia acertou o acordo com a UE na segunda-feira, segundo o qual tentará conter o fluxo em troca de financiamento e recompensas políticas.

O ministro da Turquia para a UE, Volkan Bozkir, disse que o acordo, sob o qual Ancara concordou em receber de volta todos os imigrantes irregulares, não se aplica para aqueles que já atingiram as ilhas gregas. O número de pessoas devolvidas deve chegar à casa dos milhares ou dezenas de milhares.

Uma das vítimas do naufrágio da quarta-feira à noite, no qual o barco virou em meio ao mau tempo durante viagem para a ilha grega de Lesbos, conseguiu nadar até a praia, mas morreu durante as tentativas de reanimá-lo, disse um funcionário da guarda costeira à Reuters.

Dos quatro corpos encontrados no mar, um era de um bebê de seis meses de idade, segundo as equipes de resgate. Outras nove pessoas foram retirados vivas da água.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below