22 de Março de 2016 / às 21:33 / 2 anos atrás

Câmara deve votar na próxima semana proposta de alongamento de dívidas dos Estados

(Reuters) - O governo da presidente Dilma Rousseff entrega nesta terça-feira ao Congresso uma proposta de alongamento das dívidas dos Estados com a União, com uma renúncia fiscal prevista de 45,5 bilhões de reais, e a matéria deverá ser votada pelos deputados na próxima semana.

O acordo para a votação do alongamento em mais 20 anos dos Estados com a União e em mais 10 anos das dívidas dos Estados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi fechado nesta terça, segundo a Agência Câmara, em reunião entre líderes partidários, governadores e o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“Esse acordo republicano favorece o pacto federativo”, disse líder do governo na Casa, deputado José Guimarães (PT-CE), segundo a Agência Câmara. A proposta deverá ser analisada pelos parlamentares no dia 29, terça-feira da próxima semana.

Entre os governadores presentes no encontre estavam os de Goiás, Marconi Perillo (PSDB); de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB); e do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB).

Por Eduardo Simões, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below