24 de Abril de 2016 / às 13:07 / 2 anos atrás

Economia e crises de segurança são foco de Obama em visita à Alemanha

HANOVER (Reuters) - O presidente norte-americano Barack Obama chegou à Alemanha neste domingo para reunião com a chanceler alemã Angela Merkel, uma de suas aliadas mais próximas ao lidar com a instável economia global e as crises de segurança no Oriente Médio e na Ucrânia.

O país será a última parada em uma jornada de seis dias onde Obama buscou fortalecer as alianças que vê como essenciais para aumentar o comércio, derrotar os militantes do Estado Islâmico e compensar a intervenção russa na Ucrânia e da Síria.

Obama, que está nos nove meses finais de seu mandato presidencial, passou três dias em Londres, onde pediu que os britânicos permaneçam na União Europeia em votação de referendo em junho, um voto que pode ter consequências econômicas globais.

Mais cedo na semana, ele se encontrou com líderes do Golfo em Ríade, para tentar afastar temores de que Washington havia se tornado menos comprometido com sua segurança, especialmente após um acordo nuclear com o Irã, rival regional da Arábia Saudita.

Em Hanover, ele fará um tour e falará em uma feira do setor industrial com Merkel. Os líderes querem dar vida a um acordo de livre comércio entre Estados Unidos e União Europeia ainda em fase de negociação, que poderia, segundo defensores, impulsionar cada economia em cerca de 100 bilhões de dólares.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below