25 de Abril de 2016 / às 11:57 / em um ano

Europa e Otan podem fazer mais para combater Estado Islâmico, diz Obama

HANOVER, Alemanha (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira que a Europa precisa assumir sua parte do fardo global para garantir a segurança internacional, dizendo que a aliança militar da Otan e nações europeias em geral podem fazer mais para ajudar na luta contra militantes do Estado Islâmico.

Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. 25/04/2016 REUTERS/Kevin Lamarque

Obama, falando na Alemanha, disse que a Europa muitas vezes foi complacente sobre sua própria defesa e repetiu seu pedido para que membros da Otan paguem parcelas justas para financiar a aliança.

Reportagem de Roberta Rampton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below