6 de Junho de 2016 / às 21:02 / um ano atrás

Comissão aprova cronograma do impeachment de Dilma e julgamento deve ocorrer até meados de agosto

Presidente da comissão do impeachment no Senado, Raimundo Lira (E), conversa com relator do processo de impeachment, Antonio Anastasia (D), durante sessão do colegiado, em Brasília. 26/04/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - A comissão do impeachment no Senado aprovou nesta segunda-feira o cronograma proposto pelo relator do caso no colegiado, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), que prevê o julgamento do processo contra a presidente afastada Dilma Rousseff até meados de agosto.

O plano sugerido por Anastasia prevê a votação da nova etapa da tramitação do impeachment --a pronúncia-- no plenário do Senado nos dias 1º e 2 de agosto.

Anastasia propôs ainda que no dia 20 de junho, após o depoimento de testemunhas, poderá haver eventual interrogatório de Dilma. Os denunciantes poderão apresentar suas alegações finais entre 21 de junho e 5 de julho, e a defesa apresentará suas alegações de 6 de julho a 21 de julho.

Por Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below