June 13, 2016 / 3:57 PM / 2 years ago

Obama diz que não há evidências claras de que atirador de Orlando foi orientado por extremistas

Presidente dos EUA, Barack Obama, fala sobre ataque em Orlando, Flórida, na Casa Branca 12/6/2016 REUTERS/Joshua Roberts

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que não há evidências claras de que o atirador do massacre de domingo em Orlando, na Flórida, foi orientado por uma rede terrorista para cometer o ataque.

“Neste estágio não vemos evidências claras de que ele foi direcionado” por extremistas, disse Obama a repórteres, falando no Salão Oval da Casa Branca.

Obama afirmou ainda que o atirador, Omar Mateen, foi “inspirado por diversas informações extremistas que foram disseminadas pela Internet”.

Reportagem de Tim Gardner e Alana Wise

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below