16 de Julho de 2016 / às 15:47 / em um ano

Autor de ataque em Nice tratou-se com psicólogos antes de deixar a Tunísia, diz irmã

TÚNIS (Reuters) - O homem tunisiano de 31 anos que matou 84 pessoas ao dirigir um caminhão em direção à multidão que comemorava o Dia da Bastilha em Nice na quinta-feira passou anos se consultando com psicólogos antes de trocar a Tunísia pela França em 2005, disse a irmã dele.

“Meu irmão tinha problemas psicológicos, e demos documentos à polícia mostrando que ele frequentou psicólogos por anos”, disse a irmã de Mohamed Lahouaiej Bouhlel à Reuters.

O pai de Bouhlel disse à televisão francesa que a família havia buscado tratamento médico após seu filho ter um colapso nervoso.

“Ele tinha problemas psicológicos que causaram um colapso; ele ficava nervoso, gritava, quebrava tudo ao redor dele”, disse Mohamed Mondher Lahouaiej Bouhlel aos canais TF1 e France 2.

“Tivemos que levá-lo ao médico.”

Bouhlel, que foi morto pela polícia, era de Msaken, a cerca de 120 quilômetros ao sul de Túnis, e havia visitado sua cidade pela última vez há quatro anos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below