26 de Agosto de 2016 / às 10:37 / em um ano

Ataque com caminhão-bomba mata 11 policiais e fere mais de 70 na Turquia

ANCARA/KARKAMIS, Turquia (Reuters) - Um ataque com um caminhão-bomba em uma delegacia no sudeste da Turquia, de maioria curda, deixou ao menos 11 mortos e feriu dezenas de pessoas nesta sexta-feira, dois dias após a Turquia iniciar operação contra o Estado Islâmico e militantes curdos na Síria.

Fumaça vista após explosão em delegacia em Cizre, Turquia. 26/08/2016 REUTERS/via Reuters TV

O primeiro-ministros turco, Binali Yildirim, disse não haver dúvidas de que o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que trava uma insurgência de três décadas pela autonomia curda, seria o responsável pelo ataque na província de Sirnak, que faz fronteira com Síria e Iraque.

O gabinete do governador da província informou que 11 policiais foram mortos e 78 pessoas, entre elas três civis, ficaram feridas. Não houve reivindicação imediata de responsabilidade.

O ataque na cidade de Cizre é o mais recentes em uma série de atos desde que um cessar-fogo com o PKK foi desfeito há mais de um ano, e acontece quando a Turquia tenta se recuperar da tentativa fracassada de golpe militar em julho.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below