27 de Agosto de 2016 / às 12:37 / em um ano

Mortos por terremoto na Itália chegam a 284

ASCOLI PICENO, Itália (Reuters) - O número de mortos no terremoto que destruiu partes da região central da Itália chegou a 284 neste sábado, no momento em que o país se prepara para o primeiro dos funerais coletivos das vítimas.

Outros dois corpos foram encontrados durante a madrugada na cidade mais atingida, Amatrice, que foi completamente destruída durante o terremoto, com pelo menos 224 vítimas, entre moradores e turistas. Apesar de equipes de resgate continuarem as buscas nos escombros, há pouca esperança de encontrar mais pessoas ainda vivas.

O presidente italiano Sergio Matarella visitou Amatrice neste sábado para ver pessoalmente a dimensão dos estragos, antes de ir ao funeral de 40 vítimas na cidade vizinha de Ascoli Piceno.

O velório está sendo feito em um centro esportivo da cidade. “Meus pensamentos estão com eles porque há pessoas que perderam tudo: casas, família, e todos os sacrifícios de uma vida inteira”, disse Luciana Cavicchiuni. “Essas coisas não deviam acontecer”.

Tremores secundários continuam a acontecer na região, o mais forte deles chegando a 4.2. O Instituto Geológico Italiano afirma que 1.332 tremores secundários foram sentidos na Itália desde quarta-feira, quando o terremoto principal, de magnitude 6.2 atingiu a região central do país.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below