31 de Agosto de 2016 / às 15:37 / em um ano

Lewandowski deixa para Senado definir se cassação e perda de direitos de Dilma serão em votações separadas

Presidente do STF, Ricardo Lewandowski. 27/08/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, determinou nesta quarta-feira que o Senado definirá se a cassação do mandato da presidente afastada Dilma Rousseff e a perda dos direitos políticos da petista serão decididos em votações separadas.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below