14 de Setembro de 2016 / às 13:02 / em um ano

Polícia francesa prende mais um adolescente suspeito de tramar ataque

PARIS (Reuters) - A polícia francesa prendeu nesta quarta-feira um adolescente de 15 anos suspeito de tramar um ataque e usar canais criptografados de redes sociais para se comunicar com um militante islâmico francês que se acredita estar na Síria ou no Iraque, disseram fontes.

Policiais franceses durante operação em Paris. 08/09/2016 REUTERS/Christian Hartmann/Files

Em uma operação liderada pela agência de inteligência doméstica da França, a polícia deteve o jovem no 20º distrito de Paris, localizado no leste da capital francesa.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, confirmou a ação. “Estamos trabalhando com extrema intensidade para identificar aqueles que achamos que provavelmente irão realizar um ataque”, disse ele aos repórteres, acrescentando que o Estado Islâmico está recrutando “indivíduos cada vez mais jovens”.

Foi a segunda vez que um jovem de 15 anos suspeito de tramar mortes em nome do Estado Islâmico foi preso em cinco dias. Uma fonte da procuradoria-geral disse que os dois jovens usaram o aplicativo Telegram para fazer contato com Rachid Kassim, um jihadista do Estado Islâmico de nacionalidade francesa.

Suas prisões acontecem na esteira da detenção de três mulheres, incluindo uma de 19 anos, que supostamente pretendiam atacar uma estação de trens de Paris usando um carro repleto de cilindros de gás.

A França ainda se recupera de uma onda de atentados de militantes em seu território que mataram mais de 230 pessoas desde janeiro de 2015, e seus serviços de inteligência realizam esforços para desmantelar uma teia de redes de militantes dentro do país.

Os ataques têm variado em estilo e perfil de agressor: em novembro do ano passado, um esquadrão de homens-bomba e atiradores matou 130 pessoas em um ataque sofisticado e coordenado em vários locais de Paris; em julho, um entregador tunisiano matou 86 pessoas arremetendo um caminhão contra uma multidão em uma avenida de Nice; e dois militantes mataram um padre idoso a facadas em seu altar em uma igreja do norte francês.

Por Emmanuel Jarry

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below