24 de Setembro de 2016 / às 14:47 / em um ano

Ataque de militantes mata 12 pessoas em cidade do Iraque, dizem fontes

TIKRIT, Iraque (Reuters) - Doze pessoas foram mortas neste sábado quando militantes atacaram um posto da polícia ao norte de Tikrit e detonaram um carro-bomba na entrada da cidade, informaram fontes policiais e militares do Iraque. 

Ninguém reivindicou imediatamente responsabilidade pelo ataque, o primeiro do tipo desde que a cidade, a 150 quilômetros ao norte de Bagdá, foi retomada do controle do Estado Islâmico em abril de 2015. 

Um militante foi morto em um posto de controle após matar quatro policiais no ataque, de acordo com fontes da polícia e do Comando de Operações Salahuddin, responsável pela segurança da área.

Dois outros militantes continuaram a avançar para os limites da cidade e detonaram explosivos em seu veículo, matando oito pessoas e ferindo 23, disseram fontes. 

Uma fotografia não verificada compartilhada nas redes sociais mostrou duas colunas de fumaça no céu perto dos arcos do portão da cidade.

Após os ataques, a polícia aumentou a segurança em Tikrit, que já possuía algumas das medidas de segurança mais restritivas após a retomada por forças iraquianas no ano passado. Ainda não estava claro se outros agressores estavam a solta na região.

Militares, nesta semana, retomaram o distrito de Shirqat, 100 quilômetros ao norte de Tikrit, do controle do Estado Islâmico, em preparação para um avanço sobre a cidade de Mosul, mais ao norte, previsto ainda para este ano.

Por Ghazwan Hassan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below