7 de Outubro de 2016 / às 23:32 / um ano atrás

Furacão Matthew deixa mais de 800 mortos no Haiti e atinge os EUA

PORTO PRÍNCIPE, Haiti/DAYTONA BEACH, EUA (Reuters) - O furacão Matthew matou mais de 800 pessoas e desabrigou dezenas de milhares em sua passagem pelo Haiti nesta semana, antes de se abater sobre a Flórida nesta sexta-feira, deslocando-se com ventos uivantes na direção norte da costa do Atlântico dos Estados Unidos.

Escola destruída por furacão Matthew nos arredores de Port Salut, no Haiti. 7/10/2016. REUTERS/Andres Martinez Casares

O número de mortos no Haiti, país mais pobre das Américas, subiu para ao menos 842 nesta sexta-feira devido ao recebimento de informações de áreas remotas e anteriormente isoladas pela tempestade, de acordo com cálculo da Reuters a partir de números de vítimas informados por autoridades.

O Matthew, ciclone mais forte a atingir os EUA desde que a poderosa tempestade Sandy golpeou o nordeste do país quatro anos atrás, motivou retiradas em massa ao longo da costa da Flórida, através da Geórgia e até a Carolina do Sul e a Carolina do Norte.

O presidente dos EUA, Barack Obama, incitou as pessoas a não ficarem complacentes e seguirem instruções de segurança diante da tempestade, que pode ser a mais severa a se lançar sobre o norte da Flórida em mais de 100 anos.

“Só quero enfatizar para todos que esse ainda é um furacão realmente perigoso, que existe potencial para o aumento da tempestade, perda de vidas e danos severos a propriedades”, disse Obama a jornalistas após encontro com autoridades de gestão de emergências.

O Matthew percorreu a península ocidental do Haiti na terça-feira com ventos de 233 quilômetros por hora e chuva torrencial. Cerca de 61.500 pessoas estavam em abrigos, segundo autoridades, após a tempestade levar o mar até vilarejos costeiros e frágeis, alguns dos quais só estão sendo contatados no momento.

Ao menos três cidades nos montes e na costa da parte ocidental do Haiti anunciaram dezenas de mortos, incluindo a aldeia agrária de Chantal, cujo prefeito disse que 86 pessoas morreram, principalmente quando árvores atingiram casas. Ele disse que outras 20 estão desaparecidas.

“Uma árvore caiu na casa e a amassou, a casa inteira caiu sobre nós. Eu não conseguia sair”, disse o motorista Jean-Pierre Jean-Donald, de 27 anos, que estava casado há apenas um ano.

“As pessoas vieram levantar os destroços e aí vimos minha esposa, que morreu no mesmo local”, disse Jean-Donald, com sua jovem filha ao seu lado, chorando e pedindo pela “mamãe”.

Com as redes de celular fora de funcionamento e estradas inundadas, o auxílio tem chegado lentamente a áreas fortemente afetadas no Haiti. A comida era escassa e pelo menos sete pessoas morreram de cólera, provavelmente por conta da mistura de água de inundações com esgoto.

UMA MORTE NA FLÓRIDA

O Matthew margeou a Flórida na manhã desta sexta-feira com ventos de até 195 quilômetros por hora, mas não causou deslizamentos de terra até a tarde.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA reduziu posteriormente a tempestade para Categoria 2 na escala de cinco graus de intensidade Saffir-Simpson, uma vez que a velocidade dos ventos caiu para 177 quilômetros por hora. A Categoria 5 é a mais forte.

Danos significativos não foram anunciados em cidades no sul da Flórida, onde a tempestade derrubou árvores e linhas de transmissão de energia. Mas uma pessoa morreu após uma árvore cair no condado de Volusia, depois de ter saído para alimentar animais durante um intervalo de calmaria na tempestade, disse James Dinneen, administrador do condado que inclui Daytona Beach.

Os alertas de furacão se ampliavam na direção norte da costa do Atlântico a partir do centro da Flórida e através da Geórgia e Carolina do Sul para a Carolina do Norte.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below