19 de Maio de 2017 / às 15:44 / em 5 meses

FMI vai monitorar cena política no Brasil para decidir se altera previsões

Chefe do Departamento de Hemisfério Ocidental do Fundo Monetário Internacional (FMI), Alejandro Werner, durante coletiva de imprensa em Montevidéu. 06/05/2013 REUTERS/Andres Stapff

BRASÍLIA (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) acompanhará a turbulência política em curso no Brasil para decidir se vai mudar suas perspectivas para a maior economia da América Latina, disse nesta sexta-feira o chefe do Departamento de Hemisfério Ocidental do FMI, Alejandro Werner.

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer em consequência da denúncia de que Temer teria dado aval ao empresário Joesley Batista para manter pagamentos ao ex-deputado Eduardo Cunha em troca de silêncio sobre denúncias contra o governo.

Na conversa gravada, Joesley confessou ter pago propina a um procurador da República para ter acesso antecipado a investigações que o envolvia, reclamou de nomeações para cargos importantes no governo, defendeu queda mais acentuada da Selic e disse que “zerou” as pendências com o ex-deputado Eduardo Cunha.

Por Alonso Soto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below