20 de Maio de 2017 / às 16:26 / em 7 meses

Temer fará pronunciamento às 14h deste sábado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer fará um pronunciamento às 14h deste sábado, informou a Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Investigado por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça no inquérito aberto esta semana pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Temer é citado em delações de empresários do grupo JBS.

Documentos liberados na sexta-feira revelam que Temer é acusado de receber cerca de 15 milhões de reais pela sua atuação em favor dos interesses da JBS, empresa dos irmãos Batista --Joesley e Wesley. O presidente também é citado como tendo se associado ao senador afastado Aécio Neves na tentativa de interferir nas investigações da operação Lava Jato.

Em nota divulgada também na sexta-feira, Temer disse que não obstruiu a Justiça nem recebeu valores que não fossem permitidos pela Lei Eleitoral e declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“No diálogo com Joesley Batista, o presidente Michel Temer diz que nada fez pelo ex-deputado Eduardo Cunha, isso prova que o presidente não obstruiu a Justiça”, afirma nota da Presidência da República.

“Temer não recebeu valores, a não ser os permitidos pela Lei Eleitoral e declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, continua a nota. “Portanto, não tem envolvimento em nenhum tipo de crime.”

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below