13 de Agosto de 2017 / às 18:16 / em 4 meses

Rival de Merkel diz que pode vencer eleição na Alemanha e critica Trump

BERLIM (Reuters) - Martin Schulz, o principal adversário da chanceler alemã Angela Merkel rotulou neste domingo o presidente dos EUA, Donald Trump, de “irresponsável” e insistiu que ainda pode vencer as eleições alemãs em 24 de setembro, apesar das pesquisas.

Schulz, líder do partido de esquerda Social-Democrata (SPD), disse que não questionaria a abordagem de Merkel para lidar com a disputa entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, uma vez que a Alemanha deveria permanecer unida.

Mas não resistiu a criticar Trump, a quem descreveu, à rede ZDF, como “homem irresponsável na Casa Branca”.

“O que me preocupa é que um presidente americano ... está afundando ao nível de um ditador norte-coreano”, acrescentou Schulz em uma entrevista ao canal RTL.

Na sexta-feira, Merkel disse que não havia solução militar para a questão da Coreia do Norte, acrescentando que “uma escalada da retórica seria a resposta errada”.

A seis semanas das eleições, uma pesquisa da Emnid para o jornal Bild am Sonntag mostrou o SPD de Schulz com 24 por cento dos votos, muito atrás do bloco conservador de Merkel, com 38 por cento.

Um dia após Merkel estar às voltas com a indústria automobilística alemã por desperdiçar a confiança no setor, Schulz acusou-os de colocar a indústria em risco ao não planejar o futuro.

O destino do setor automotivo, maior exportador da Alemanha e provedor de cerca de 800 mil empregos, tornou-se uma questão quente das eleições.

Reportagem adicional de Francois Murphy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below