23 de Agosto de 2017 / às 10:36 / em 4 meses

Lava Jato amplia investigação de esquema na Petrobras que envolve Vaccarezza e empresa dos EUA

(Reuters) - A Polícia Federal foi às ruas nesta quarta-feira para cumprir mandados de busca e apreensão em Brasília, São Paulo e Bahia como parte das investigações de esquema criminoso na Petrobras envolvendo a empresa norte-americana Sargeant Marine e o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, em um avanço de operação deflagrada na semana passada.

Segundo a PF, novos elementos colhidos na investigação policial apontaram a participação de dois advogados em reuniões nas quais o esquema criminoso, com o pagamento de propinas a agentes da Petrobras, teria sido planejado, além do pagamento de comissão a esses advogados pela contratação da empresa norte-americana.

A PF prendeu na semana passada Vaccarezza, ex-deputado pelo PT que foi líder dos governos Lula e Dilma na Câmara, acusado de receber cerca de 500 mil dólares em propina por intermediar contratação pela Petrobras da empresa norte-americana Sargeant Marine para fornecimento de asfalto.

O ex-deputado, no entanto, foi solto na noite de terça-feira.

Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below