3 de Outubro de 2017 / às 22:01 / 15 dias atrás

Governo brasileiro emite US$3 bi em título de 10 anos com taxa de 4,675% ao ano

BRASÍLIA (Reuters) - O governo brasileiro emitiu 3 bilhões de dólares em título com vencimento em 10 anos, com taxa de 4,675 por cento ao ano e spread de 235 pontos básicos acima dos títulos de referência dos Estados Unidos, informou o Tesouro Nacional nesta terça-feira.

O papel, denominado Global 2028 com vencimento em 13 de janeiro de 2028, carrega cupom de 4,625 por cento ao ano, tendo sido colocado ao preço de 99,603 por cento do valor de face.

Dos 3 bilhões de dólares emitidos, 1,5 bilhão refere-se à parcela a ser liquidada mediante pagamento em dinheiro. O montante de 1,5 bilhão de dólares restante será liquidado mediante pagamento em títulos elegíveis, afirmou o Tesouro.

A última vez que o Tesouro havia captado no exterior foi em março deste ano, quando emitiu 1 bilhão de dólares do Global 2026, com taxa de 5 por cento ao ano e spread de 248,40 pontos básicos.

Com a investida desta terça-feira, o Tesouro abre mais um benchmark de 10 anos, a uma taxa melhor. Segundo uma fonte com conhecimento direto da operação, a demanda “foi várias vezes maior” que a oferta.

A emissão ocorre em meio à intensa crise política que afeta o governo do presidente Michel Temer, que se esforça para barrar nova denúncia na Câmara dos Deputados, desta vez por crime de organização criminosa e obstrução de investigação.

Mesmo diante do cenário, o custo do credit default swap de cinco anos, que permite a investidores se segurarem contra um calote brasileiro, vem rondando os menores níveis desde o fim de 2014.

Técnicos do Tesouro já vinham avaliando que havia bastante liquidez no mercado, com nível de taxas historicamente atrativo. Mas como o governo já comprou dólares que farão frente à sua necessidade até o final de 2018, uma investida no mercado externo era encarada como uma questão de oportunidade.

A emissão foi liderada pelos bancos Deutsche Bank, Itaú BBA e Santander.

Segundo o Tesouro, a liquidação financeira ocorrerá em 13 de outubro deste ano e os cupons serão pagos nos dias 13 de janeiro e 13 de julho.

Mais cedo nesta terça-feira, o Tesouro também informou que faria a recompra de títulos que somam 11,786 bilhões de dólares, com vencimento entre janeiro de 2019 e março de 2030. O resultado do leilão de recompra será divulgado em uma semana.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below