February 28, 2018 / 10:19 AM / 4 months ago

Câmara aprova MP sobre programa nacional de microcrédito

(Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou na noite de terça-feira medida provisória que reformula o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado, incluindo as fintechs entre as entidades autorizadas a participar do programa destinado a conceder pequenos empréstimos a empreendedores de baixa renda.

Vista geral da Câmara dos Deputados em Brasília 20/09/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

Segundo o texto aprovado, o valor máximo de receita bruta anual do público-alvo do programa de microcrédito passa de 120 mil reais para até 200 mil reais, mas os beneficiados não contarão mais com subsídio de juros pago pelo governo, informou a Agência Câmara Notícias.

Os deputados também concluíram aprovação da medida provisória que facilita a renegociação de dívidas de Estados com a União, por meio da dispensa de uma série de exigências para os entes federados.

A MP autoriza ainda o ministro da Fazenda a não elevar os encargos financeiros da dívida repactuada caso o Estado não tenha estabelecido o Programa de Reestruturação e de Ajuste Fiscal no prazo fixado ou que tenha descumprido as metas estipuladas, de acordo com a agência.

A matéria, cuja vigência se encerra nesta quarta-feira, precisa ser votada ainda pelo Senado. A MP do programa nacional de microcrédito também ainda passará pelo Senado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below