March 6, 2018 / 10:27 AM / 4 months ago

Rússia oferece passagem segura para rebeldes deixarem região síria de Ghouta

MOSCOU/BEIRUTE (Reuters) - As Forças Armadas russas ofereceram a rebeldes sírios uma passagem segura para deixar a região de Ghouta Oriental, delineando um acordo sob o qual a oposição entregaria seu último grande reduto perto de Damasco ao presidente da Síria, Bashar al-Assad.

Homem passa por prédios destruídos na cidade de Douma, em Ghouta Oriental, na Síria 05/03/2018 REUTERS/Bassam Khabieh

O Ministério de Defesa da Rússia disse que os rebeldes podem deixar a região —onde forças do governo apoiadas por Moscou estão avançando rapidamente através de ataques violentos— com suas famílias e armas pessoais por meio de um corredor seguro.

A proposta russa não especificou para onde os rebeldes iriam, mas os termos se assemelham a acordos anteriores, sob os quais os insurgentes cederam terreno a Assad e receberam passagem segura para outros territórios controlados pela oposição perto da fronteira com a Turquia.

“O Centro de Reconciliação Russo garante a imunidade de todos os combatentes rebeldes que tomarem a decisão de deixar Ghouta Oriental com armas pessoais e junto com suas famílias”, disse o Ministério da Defesa, em comunicado.

Reportagem Katya Golubkova, em Moscou, e Tom Perry e Dahlia Nehme, em Beirute

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below