March 13, 2018 / 11:12 PM / 9 months ago

Maia permite tramitação de PECs em comissões durante intervenção no RJ

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante sessão da Casa em Brasília 19/02/2018 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu questão de ordem e definiu que Propostas de Emenda à Constituição (PEC), poderão tramitar em comissões especiais, mas não poderão ser discutidas ou votadas no plenário da Casa.

A proibição de votação em plenário já era sabida, o que suspendeu o andamento da polêmica PEC da reforma da Previdência após a decisão do governo pela intervenção federal na área de segurança pública do Rio de Janeiro. A Constituição veta alterações em seu texto durante a vigência de intervenções federais.

Restava, no entanto, a definição sobre a tramitação de propostas semelhantes nas comissões especiais.

Encaixa-se nesse caso, por exemplo, a PEC que extingue o chamado foro privilegiado para autoridades como deputados, senadores, governadores, ministros, juízes e integrantes do Ministério Público.

A proposta já passou pela CCJ, mas ainda carece de análise de uma comissão especial.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below