March 21, 2018 / 11:06 PM / 9 months ago

Governo dos EUA não confirma isenção temporária de Brasil de tarifas sobre aço e alumínio

Por David Chance e Lisandra Paraguassu

WASHINGTON/BRASÍLIA (Reuters) - O governo dos Estados Unidos não confirmou nesta quarta-feira que o Brasil foi isentado temporariamente das tarifas de importação de aço e alumínio do país que entram em vigor na sexta-feira.

Mais cedo, o presidente Michel Temer afirmou que tinha recebido mensagem da Casa Branca de que o Brasil seria excluído das tarifas enquanto negocia com Washington sobre isenção das sobretaxas. [nL1N1R32BM]

“O departamento de comércio dos EUA não confirma qualquer decisão neste momento. O presidente (Trump) vai tomar as decisões finais sobre exclusões de países”, disse uma porta-voz do representante comercial norte-americano ao ser questionada pela Reuters sobre os comentários do governo brasileiro.

Um decreto presidencial é necessário para qualquer exclusão adicional de país, seja temporariamente ou no longo prazo, algo que ainda não foi assinado por Trump.

Fontes que acompanham o assunto do lado do Brasil, também afirmaram à Reuters que o governo brasileiro não tem a informação de que o país estará isento das tarifas para o aço e alumínio durante as negociações com o governo americano.

De acordo com as fontes ouvidas pela Reuters, houve “um ruído” na comunicação. “As informações que existem hoje é que as taxas passarão a ser aplicadas a partir de sexta-feira e as negociações começarão em breve”, disse uma das fontes.

Reportagem de David Chance, em Washington, e Lisandra Paraguassu, em Brasília

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below