May 18, 2018 / 6:11 PM / 5 months ago

Polícia detém suspeito de ataque a tiros com 8 mortos em escola do Texas e encontra explosivos

SANTA FÉ, Estados Unidos (Reuters) - Ao menos oito pessoas morreram em um ataque a tiros em uma escola secundária de Santa Fé, no Estado norte-americano do Texas, nesta sexta-feira, e policiais que vasculharam o local disseram ter colocado um aluno suspeito da ação sob custódia e encontrado explosivos no prédio da escola.

Agentes chegam a escola de Santa Fé, no Texas 18/5/2018 Divulgação

O som de disparos ecoou na escola pouco antes das 8h locais, disseram testemunhas à mídia local, e imagens ao vivo da televisão mostraram filas de alunos deixando o prédio enquanto policiais fortemente armados acorriam ao local.

    O incidente foi o mais recente de uma longa série de ataques a tiros em escolas dos Estados Unidos. Dezessete adolescentes e educadores foram mortos a bala em uma escola de Parkland, na Flórida, em fevereiro, um massacre que atiçou um debate nacional já antigo sobre a posse de armas.

    O xerife do condado de Harris, Ed Gonzalez, disse que entre oito e 10 pessoas, tanto estudantes quanto adultos, morreram no incidente ocorrido na escola, localizada cerca de 48 quilômetros ao sudeste de Houston.

“Há uma pessoa, um suspeito, sob custódia e uma segunda pessoa possivelmente envolvida que está detida e sendo interrogada”, disse Gonzalez em uma entrevista coletiva.

    Artefatos explosivos também foram encontrados na escola e fora de suas dependências, tuitou o xerife. “As forças da lei estão empenhadas em protegê-los. A escola foi esvaziada”.

    O suspeito é um jovem de 17 anos, disse à Reuters uma fonte da lei que falou sob condição de anonimato por não estar autorizada a debater a investigação em público.

Ao menos nove outras pessoas foram encaminhadas a hospitais da região para receberem tratamento, disseram autoridades hospitalares. O estado destas pessoas não era conhecido. Gonzalez disse que um policial também está sendo tratado de ferimentos.

    A estudante de segundo ano Leila Butler disse à filiada local da rede ABC que alarmes de incêndio soaram perto das 7h45 e que os alunos deixaram as salas de aula. Ela contou que alguns deles acreditam ter ouvido tiros e que se abrigou com outros estudantes e professores perto do campus.

    Um aluno, que não se identificou, descreveu como foi fugir do local em uma entrevista ao canal KHOU, filiado à rede CBS.

    “Três tiros que eu ouvi, então todos nós saímos pelos fundos e tentei subir nas árvores, não queria ficar à vista. Ouvi mais quatro tiros, e depois pulamos a cerca da casa de alguém”.

    (Reportagem adicional de Ernest Scheyder e Liz Hampton em Houston, Gina Cherelus e Peter Szekely em Nova York e Mark Hosenball e Ian Simpson em Washington)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below