May 24, 2018 / 4:03 PM / 5 months ago

Trump rejeita acordo de imigração moderado e diz querer "pacote completo"

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou nesta quinta-feira uma iniciativa de republicanos moderados do Congresso para um acordo de imigração para os chamados “Dreamers”, dizendo que só apoiará uma legislação imigratória abrangente que atenda todas as suas exigências, incluindo um muro na fronteira com o México.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante evento em Nova York 23/05/2018 REUTERS/Kevin Lamarque

“A menos que inclua um muro, e quero dizer um muro, um muro de verdade, e a menos que inclua uma segurança de fronteira muito forte, não receberá minha aprovação”, disse Trump à rede Fox News. Qualquer projeto de lei também terá que acabar com um programa de vistos por sorteio e reduzir os vistos legais para familiares, acrescentou.

“Está na hora de conseguir o pacote completo”, disse ele em uma entrevista ao programa “Fox and Friends” gravada na quarta-feira e exibida nesta quinta-feira.

Alguns republicanos de centro da Câmara dos Deputados estão negociando um projeto de lei para tratar do futuro dos jovens imigrantes conhecidos como “Dreamers”, que foram levados aos EUA ilegalmente na infância.

Mas um grupo de republicanos mais conservadores da Câmara disse estar preparando uma medida com novos controles rígidos sobre a imigração legal e ilegal que receberia o apoio de Trump. Este plano, porém, não deve conquistar seus correligionários mais moderados nem os democratas.

O presidente da Câmara, Paul Ryan, vem evitando a pressão dos dois lados de seu partido para tratar do tema antes das eleições de novembro, o que poderia dar dor de cabeça aos republicanos devido à sua pretensão de manter o controle da Câmara e do Senado.

Ryan disse estar trabalhando com a Casa Branca em um plano que Trump transformaria em lei. Ele disse aos repórteres nesta quinta-feira que os parlamentares ainda estão buscando um consenso, mas não deu nenhum cronograma para uma ação.

Os republicanos moderados da Câmara querem forçar uma série de votações de quatro projetos de lei de imigração diferentes, desafiando a liderança republicana da casa e esperando se unir aos democratas em uma manobra regimentar rara.

A medida bipartidária abriria as portas para a concessão de cidadania aos “Dreamers” e incluiria a segurança de fronteira, mas nada de financiamento para o muro.

Reportagem adicional de Lisa Lambert

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below