May 28, 2018 / 4:32 PM / in 6 months

Começa a haver retomada de atividade dos caminhoneiros, mas ainda é lenta, diz Padilha

Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, em Brasília 07/07/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta segunda-feira que pela manhã ainda restavam 557 concentrações de caminhoneiros parados e disse que a retomada da atividade ainda é lenta, e o governo espera se acelere ao longo do dia.

“Nossa preocupação maior é a normalização do abastecimento o mais rápido possível”, disse Padilha a jornalistas no Palácio do Planalto.

A paralisação dos caminhoneiros entra no oitavo dia nesta segunda-feira, apesar do anúncio feito pelo presidente Michel Temer na véspera com medidas que atendem às principais demandas da categoria, como redução do preço do diesel em 46 centavos por litro por um período de 60 dias.

“No nosso entendimento, a negociação que o governo tinha que fazer com caminhoneiros encerrou-se”, disse Padilha, acrescentando que foi negociada a extinção do movimento dos caminhoneiros com as lideranças.

“Cumprimos a nossa parte, e agora por certo esperamos que a outra parte cumpra a sua”, disse Padilha

Por Lisandra Paraguassu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below